Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
21
21 SET 2022
DESTAQUES
Santo André e Etec Júlio de Mesquita firmam parceria para revitalização de imóveis em Paranapiacaba
enviar para um amigo
receba notícias
Iniciativa faz parte do projeto Amigo do Patrimônio, que possibilita estudos, projetos e análises focados em revitalização de locais e imóveis de valor histórico e turístico
Santo André, 21 de setembro de 2022 – A Prefeitura de Santo André e a Etec (Escola Técnica Estadual) Júlio de Mesquita firmaram parceria para revitalização de imóveis em Paranapiacaba. A iniciativa faz parte do projeto Amigo do Patrimônio, que possibilita estudos, projetos e análises focados em revitalização de locais e imóveis de valor histórico e turístico da cidade. A escola é vinculada ao Centro Paula Souza.
 
Os primeiros projetos executivos de intervenções nos imóveis da vila inglesa, realizados por alunos do curso de Edificações e Design de Interiores da Etec Júlio de Mesquita, foram apresentados nesta quarta-feira (21). As propostas formuladas pelos estudantes foram apresentadas ao secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, e ao secretário adjunto de Meio Ambiente, Alexandre Audino, além dos professores da turma, oficializando a parceria entre o poder público e a instituição de ensino.
 
A Etec Júlio de Mesquita é a primeira instituição de ensino a responder ao chamamento público do projeto Amigo do Patrimônio. A iniciativa viabiliza a realização de parcerias com o município que resultam em pareceres técnicos, planos de negócios, e projetos arquitetônicos e de engenharia, focados na viabilização e revitalização de locais, bens e imóveis de valor histórico e turístico da cidade.
 
A demanda é definida pela Prefeitura, e no momento o edital traz a possibilidade de realização de projetos em parceria com instituições de ensino em mais de 20 edificações públicas de interesse histórico e turístico
 
A parceria com a Etec Júlio de Mesquita prevê a realização de quatro projetos, dos quais dois foram apresentados nesta quarta-feira. A versão final dos projetos será doada à Prefeitura, que terá total autonomia para revisões. A proposta será disponibilizada para os interessados que participarem do processo de licitação para utilização destes imóveis.
 
“Hoje, quem for participar do processo de licitação terá uma referência, um estudo, uma proposta que o interessado pode ou não utilizar. Isso, para quem está investido, é de grande ajuda. Ele não sai do zero. Além disso, estes serão trabalhos de TCC que não serão engavetados, mas sim utilizados na prática, visto que a Prefeitura sinaliza quais as suas demandas e formaliza as parcerias”, destaca secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato.
 
“Nós, como Prefeitura, apresentamos demanda e estimulamos a extensão universitária. Quem adere recebe todo apoio, porque esse profissional que está sendo formado em Santo André já tem uma experiência prática, se relaciona com governo, se relaciona com as empresas. Essa é a proposta do edital, da parceria com a Etec e das outras que virão depois”, acrescenta Banzato.
 
O link para o edital que ainda está aberto é: https://www2.santoandre.sp.gov.br/images/Edital_de_Chamamento_-_Amigo_do_Patrimonio_v.15.05.2022.pdf
 
O secretário adjunto de Meio Ambiente, Alexandre Audino, lembra que a Vila de Paranapiacaba até pouco tempo atrás estava abandonada, mas com muito empenho da administração e das equipes que atuam no local, hoje em dia é um lugar completamente diferente. “E este projeto Amigo do Patrimônio é mais um importante passo nesse caminho de tornar Paranapiacaba cada vez melhor, consolidada como referência em turismo de qualidade no País”, diz Audino.
 
TCC – Os projetos apresentados nesta quarta fazem parte da pré-apresentação dos TCC (Trabalhos de Conclusão de Curso) de quatro grupos de alunos do último ano do curso de Edificações e Design de Interiores do Etim (Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio) da Etec Júlio de Mesquita. Outros dois grupos se apresentarão para as professoras orientadoras Valéria Santos, Eliane Correia, Marjori Gallo e Aline Bellomo, responsáveis pelo projeto. A apresentação final está prevista para novembro. Por se tratar de bens tombados, os projetos somente terão viabilidade após aprovação nos órgãos de patrimônio.
 
“Hoje não tem nada mais atual do que a parceria entre poder público, instituições de ensino e empresa. Para quem faz o curso técnico, essa parceria é extremamente importante, porque as instituições de ensino desenvolvem a pesquisa, a tecnologia e os alunos chegam na inovação. E a inovação hoje é a única coisa que pode sustentar o mercado produtivo. Esse tripé é muito importante para as escolas técnicas”, destaca a responsável pela área de Relações Institucionais da Etec Júlio de Mesquita, Suely Magini. 
 
Segundo a aluna Jéssica Caroline de Almeida Souza, de 18 anos, a experiência está sendo muito importante para sua formação como profissional. “Como a gente teve quase todo o nosso curso na pandemia, nós não tivemos as aulas práticas. Então, essa experiência está sendo muito especial. Ainda mais por ser um projeto de restauração, de reforma, que já é um tema bem específico e que recebemos informações básicas durante o curso. Dá pra gente conhecer a área melhor, ver como funciona”, diz.
 
“Esse projeto está sendo muito importante. É uma área realmente nova porque no curso não tem aulas sobre tombamento, sobre essa parte mais histórica, e tanto nós quanto os alunos da sala estamos aprendendo muito sobre isso. E tudo se torna ainda mais especial pois, depois de estar muito tempo em casa, não tivemos nada na área prática. Agora estamos fazendo algo que podemos concretizar. Talvez isso possa até abrir portas para a gente no futuro”,  afirma Geovana Balbino Linares, de 17 anos.
                                                                                 
 
Texto: Paola Zanei
apmzanei@yahoo.com.br - 4433-0142
Foto:Helber Aggio
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia