Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
19
19 JAN 2024
SEMASA
Santo André interdita comércio de sucata por lançamento irregular de esgoto em córreg
enviar para um amigo
receba notícias
Empresa é reincidente nesse crime ambiental e operava ilegalmente, sem Licença Ambiental emitida pela Cetesb
Vídeo: https://we.tl/t-DmQY4D25ab
 
Santo André, 19 de janeiro de 2024 – Um comércio de sucata localizado na Rua Dolores Duran, no Parque Novo Oratório, em Santo André, no limite com a zona leste de São Paulo, foi interditado nesta sexta-feira (19) por lançamento de esgoto doméstico no Córrego Guaixaya. 
 
O local já havido sido multado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) em junho de 2023, pelo mesmo crime. À época, recebeu punição de R$ 10.603. Pela reincidência, o valor da multa foi dobrado, chegando a R$ 21.206. 
 
Além do descarte irregular de esgoto, o comércio acumula outras infrações. O estabelecimento, que fica em Área de Preservação Permanente (APP), foi construído desrespeitando a distância mínima estabelecida pelo Código Florestal para córregos abertos. O local fica a menos de 30 e 50 metros das margens dos córregos Guaixaya e Oratório, respectivamente.
 
Outra infração cometida pelo comércio de sucata são a de operar sem as Licenças Ambiental Prévia, de Instalação e de Operação, emitidas pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para a atividade de recuperação de materiais plásticos.
 
Além disso, durante a interdição, realizada pelo Semasa com apoio da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), da Guarda Civil Municipal, agentes da autarquia constataram que no local há lançamento de líquido com restos de resíduos plásticos, o que também é inadequado e pode contaminar o solo.  
 
Em Santo André, o Semasa é responsável por fiscalizar e combater crimes ambientais como descarte irregular de resíduos, supressão de vegetação, queima a céu aberto, descarte e vazamento de produtos químicos, esgoto a céu aberto, emissão de material particulado, poluição sonora, além de caça, pesca e nado em área de manancial.
 
Os munícipes podem denunciar, de forma sigilosa, pelo site (www.semasa.sp.gov.br/servicos-ao-usuario/) e por meio das redes sociais (@semasasantoandre).
Autor: Susi Elena
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia