Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
01
01 AGO 2022
Feira de adoção "Eu amo, eu adoto" registra número recorde de animais adotados
Foto Noticia Principal Grande
Divulgação/PSA
enviar para um amigo
receba notícias
Iniciativa que voltou a ser realizada no Parque Central todo último domingo do mês garantiu final feliz para 31 animais
Santo André, 1º de agosto de 2022 - A feira de adoção “Eu amo, eu adoto” realizada no último domingo (31) foi um sucesso e garantiu final feliz para 31 animais, entre cães e gatos. Desde o início do ano, esta é a edição com maior número de animais adotados.  
 
A adoção da tranquila vira-lata Flora, de 10 anos, foi muito comemorada pelos profissionais que participaram da iniciativa. Os filhotes são mais procurados e, infelizmente, os adultos e idosos acabam participando de várias edições para que, enfim, consigam um lar.  
 
Para sorte da Flora, o desenvolvedor de software Victor Vieira Paulino, de 29 anos, e a arquiteta Camila de Souza, de 30 anos, queriam aumentar a família e estavam procurando um animal justamente com o perfil da vira-lata.  
 
“Como moramos em um apartamento, estávamos procurando um 'doguinho' que se adaptasse melhor em um espaço pequeno. Resolvemos que iríamos adotar um adulto por saber que são mais difíceis de conseguir um lar. Passeando no Parque Central acabamos vendo o cartaz sobre a feira de adoção e resolvemos aparecer no dia sem pretensões, apenas para visitar mesmo”, explica Victor Paulino.
 
“Andamos pela feira e lá no final estava a Flora, bem tranquila. Quando chegamos perto olhou pra gente com aquele brilho no olhar que cativou a gente na hora! Não conseguimos mais pensar em nenhum outro cachorro, apenas nela. Conversando com as responsáveis, elas explicaram que ela vivia no abrigo há cerca de oito anos e nunca conseguiu ser adotada. Eu e a Camila conversamos e percebemos que era ela”, completa.
 
Quando chegou na casa nova, Flora começou a entender o que estava acontecendo e a explorar o espaço que agora ela podia chamar de lar. “Explorou a casa, comeu, escolheu o canto que iria ficar, dormiu tranquila e até roncou bem alto. Hoje quando acordamos ela nos recebeu com muita alegria e até fez xixi no lugar certinho”, conta Paulino, morador do Jardim Bela Vista. 
 
Victor avalia que não há nenhuma desvantagem em adotar cachorros mais velhinhos. “Pelo contrário. Eles são mais tranquilos, muito amorosos e é muito bom saber que vamos poder dar um restinho de vida feliz e cheio de carinho”, conclui.
 
O diretor de Vigilância à Saúde, César Rangel Gusmão, participou da feira de adoção e comemorou o resultado com a volta da feira ao Parque Central. "Ter a feira de adoção 'Eu amo, eu adoto' sendo realizada novamente no último domingo do mês é de extrema importância para retomar o crescimento das adoções de animais na cidade após as restrições da pandemia. O Parque Central sempre foi conhecido como o parque dos cachorros, e os andreenses consideram o evento no último domingo do mês como algo que já é tradicional na nossa cidade", pontua.
 
A feira de adoção é realizada no último domingo do mês, na tenda azul do Parque Central, das 10h às 15h. A próxima edição será realizada em 28 de agosto.
 
Próxima edição:
Feira de Adoção "Eu amo, eu adoto"
Data: 28/8/22 (domingo)
Horário: Das 10h às 15h
Local: Tenda azul do Parque Central
Endereço: Rua José Bonifácio, s/n - Vila Assunção


 
Autor: Rafaela Mazarin
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia