Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
16
16 JAN 2023
SAÚDE
Santo André intensifica combate à hanseníase com campanha do Janeiro Roxo
enviar para um amigo
receba notícias
Doença infecciosa evolui de forma silenciosa; diagnóstico e tratamento são ofertados gratuitamente no Centro Médico de Especialidades
Santo André, 15 de janeiro de 2023 – Com o objetivo de intensificar o diagnóstico e o combate à hanseníase, a Prefeitura de Santo André preparou uma programação especial do Janeiro Roxo, mês dedicado à conscientização sobre a doença. 
 
A hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, de evolução crônica e que se inicia de forma silenciosa. Se não tratada, pode comprometer não só a pele, mas também os nervos, olhos, nariz, ossos e alguns órgãos internos.  
 
A boa notícia é que a hanseníase tem cura e o tratamento é ofertado gratuitamente pelas unidades da rede municipal de saúde. Os pacientes precisam procurar assistência nos serviços especializados e seguir as orientações da equipe de saúde para que se obtenham os melhores resultados de tratamento e controle da doença.
 
Para diagnosticar a hanseníase, o paciente deve procurar a sua unidade básica de saúde de referência e informar ao médico os sintomas. Caso o profissional suspeite desse diagnóstico, encaminhará para o dermatologista avaliar o caso. Se for confirmada a suspeita, o tratamento da doença é feito no Centro Médico de Especialidades, localizado na Rua Xavier de Toledo, onde também é fornecido o medicamento. A duração do tratamento varia de 6 a 12 meses.
 
Durante o Janeiro Roxo, as unidades de saúde estão realizando palestras, encontros técnicos com equipe de enfermagem da Atenção Básica e Gerência, para fortalecer as ações de combate à hanseníase. Além disso, os equipamentos estão distribuindo material educativo e as vias públicas estão com faixas informativas.
 
No dia 27, das 9h às 15h, haverá uma tenda no calçadão da Rua Coronel Oliveira Lima com profissionais que vão tirar dúvidas e fornecer informações sobre a doença.
 
Entre os dias 26 de dezembro e 11 de janeiro os Agentes Comunitários de Saúde realizaram busca ativa por pacientes com sinais e sintomas de hanseníase. Na semana passada, os munícipes foram avaliados em uma força-tarefa promovida pela Unidade de Saúde Vila Guiomar. Na ocasião, os pacientes foram acolhidos e os sinais e sintomas foram avaliados pela clínica médica.
 
Casos – Em 2020 foram registrados seis casos confirmados de hanseníase em Santo André. Em 2021 houve três diagnósticos positivos e em 2022 também houve três casos.
Seta
Versão do Sistema: 3.3.1 - 08/03/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia