Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
29
29 SET 2023
SEMASA
Semasa finaliza projeto Do Sólido ao Gasoso com lançamento de cartilha temática
enviar para um amigo
receba notícias
Material reúne informações sobre as atividades desenvolvidas e subsidia município para ações voltadas à mitigação dos efeitos das mudanças climáticas
Santo André, 29 de setembro de 2023 – Com o objetivo de contribuir para uma Política Municipal de Redução dos Gases do Efeito Estufa (GEE) e de estudar a viabilidade para reaproveitamento do biogás produzido no Aterro Sanitário de Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) desenvolveu o projeto Do Sólido ao Gasoso, descobrindo as rotas finais dos resíduos sólidos. A ação foi finalizada nesta sexta-feira (29) com o lançamento de uma cartilha temática e apresentação das conclusões e resultados da atividade.
 
O material, entregue a todos os participantes do projeto, também está disponível em formato digital, no link bit.ly/cartilhabiogas e traz uma série de informações sobre a gestão de resíduos sólidos de Santo André, sobre os gases de efeito estufa, os processos e atividades desenvolvidas ao longo do projeto e, ainda, traça uma relação entre os efeitos da mudança do clima e a gestão de resíduos.
 
“A questão das mudanças climáticas é um tema atual e sensível para todos os governantes. Ao discutir isso no âmbito da geração de resíduos damos um passo a mais no desenvolvimento de políticas públicas voltadas à esta problemática. Santo André se destaca mais uma vez ao realizar um projeto como este de forma pioneira na região”, comenta o superintendente adjunto e diretor de resíduos sólidos do Semasa, Edinilson Ferreira dos Santos.
 
Por meio do projeto, o Semasa elaborou o estudo gravimétrico dos resíduos e desenvolveu um estudo de viabilidade técnica e econômica para utilização do biogás gerado no Aterro Sanitário. O biogás é gerado a partir da decomposição biológica da matéria orgânica dos resíduos sólidos, por meio da ação de bactérias. Esse processo de decomposição resulta na produção do chorume e de alguns gases, sendo majoritariamente o metano (CH4), seguido do dióxido de carbono (CO2), gases conhecidos por integrarem o conjunto de gases do efeito estufa. Para se ter uma ideia, o Brasil é considerado o quinto maior emissor de GEE, ficando atrás apenas de China, Estados Unidos, Índia e Rússia. 
 
Além disso, a iniciativa permitiu ao Semasa realizar um inventário de gases do efeito estufa gerados na gestão de resíduos sólidos.
 
Os resultados apurados ao longo do projeto vão servir de subsídio para as ações planejadas pelo município para a mitigação das mudanças climáticas, sendo que algumas frentes de atuação já estão em desenvolvimento, como a instalação de painéis para produção de energia solar, fiscalização de descarte e queima de resíduos de forma irregular e a promoção de diversas iniciativas socioambientais que visam o aumento da reciclagem e a diminuição dos resíduos aterrados.
 
“O projeto Santo André 500 Anos, que planeja a cidade para os próximos 30 anos por meio de diretrizes, leva em consideração no eixo desenvolvimento Urbano e Ambiental as questões de mudanças climáticas e preservação do Meio Ambiente. Temos pensado e desenvolvido ações como esta iniciativa do Semasa e estamos juntos na construção de um futuro que ofereça para nossa gente uma cidade ainda mais sustentável”, afirma Acácio Miranda, secretário de Planejamento Estratégico e Licenciamento.
 
O projeto Do Sólido ao Gasoso foi financiado parcialmente com recursos do Fumgesan (Fundo Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental) e realizado entre 2022 e 2023. No total, participaram das ações 23 pessoas entre servidores do Semasa, Prefeitura e moradores da cidade.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia