Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
02
02 NOV 2023
SEMASA
Santo André inicia mapeamento e diagnóstico de agricultores urbanos
enviar para um amigo
receba notícias
Ação do Semasa objetiva estruturar políticas públicas para os hortelões

Santo André, 2 de novembro de 2023 – Buscando por alternativas e ações que contribuam para a redução dos resíduos enviados ao Aterro Sanitário e com vistas a fomentar a economia local, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) iniciou nesta semana o levantamento de agricultores urbanos de Santo André, também conhecidos como hortelões. O trabalho conta com o apoio do Núcleo de Inovação Social da Prefeitura de Santo André.

 
O objetivo central do diagnóstico é estruturar uma política pública municipal de agricultura urbana e periurbana. O levantamento preliminar realizado pela autarquia apontou que existem  206 hortelões atuando em áreas da Enel (linhas de transmissão de energia), 19 hortas em unidades escolares e três em centros de formação profissional. Além disso, foram identificados alguns espaços que são utilizados para cultivo de plantas ornamentais.
 
O diagnóstico realizado percorrerá todo o município encontrando e identificando estas pessoas que atuam na agricultura urbana. Além de observar os espaços e entender melhor como as hortas estão estruturadas, os agentes colherão informações – por meio de um questionário próprio – sobre dados sociodemográficos e socioeconômicos, tipo de culturas do local, horário de funcionamento, técnicas de conservação do solo ou adubação adotadas, se há pragas ou doenças nos produtos, entre outros questionamentos.
 
O mapeamento deve ser finalizado em 30 dias e, após esse período, os dados serão compilados para formatar o diagnóstico final. Durante a abordagem, os agentes também registrarão apontamentos realizados pelos hortelões, como algum problema enfrentado, dificuldades, etc.
 
Caso o munícipe conheça alguma horta urbana ou o próprio agricultor, e queira informar ao Semasa que atua em um espaço  na cidade, é possível enviar os dados pelo formulário on-line https://forms.gle/M7aEzenyKLSdwxHa6.
Autor: Paloma Alvarez
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia