Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
08
08 AGO 2022
EDUCAÇÃO
Santo André celebra Semana Nacional de Conscientização do TDAH
enviar para um amigo
receba notícias
Evento com pais de alunos da rede municipal foi marcado por roda de conversa sobre o transtorno
Santo André, 6 de agosto de 2022 - A Secretaria de Educação de Santo André, por meio do Centro de Atendimento Especializado Multidisciplinar (Caem) e o Departamento de Educação Inclusiva e Apoio Educacional, realizou nesta semana um encontro em celebração à Semana Nacional de Conscientização do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Na ocasião, cerca de 100 pais e responsáveis por alunos da rede municipal participaram de uma roda de conversa sobre o transtorno.

O evento realizado na última quinta-feira (4) no Caem, na Vila Pires, contou com a explanação da psicóloga Simone Martinez Barberá e também da psicóloga e psicopedagoga Bernadete Sartori sobre as temáticas quem envolvem o TDAH – transtorno de origem neurobiológica, de base genética, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Vale destacar que, além dos fatores genéticos, os fatores ambientais também podem levar a alterações funcionais do sistema nervoso central.

"Quanto mais cedo o setor educacional cuidar dessas crianças, mais os sistemas de ensino contribuirão para minimizar o prejuízo ao seu desenvolvimento", destaca a secretária de Educação, Cleide Bauab Eid Bochixio.

A rede municipal de ensino de Santo André atende atualmente 1.425 alunos no Caem, destes 65 crianças do ensino fundamental com diagnóstico de “Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade”. As crianças são encaminhadas via unidade escolar para a avaliação multidisciplinar, visando realizar a abordagem mais adequada de acordo com as suas necessidades e diagnóstico.

É no Centro de Atendimento Educacional Multidisciplinar que é feita avaliação diagnóstica e atendimento terapêutico nas áreas de psicologia, fonoaudiologia e psicopedagogia, além de orientação escolar e orientação familiar, quando necessário, aos alunos com suspeita ou diagnóstico de TDAH.

“Além de atendimentos descritos, o Caem oferece orientação e formação dos assistentes pedagógicos, os quais atua diretamente junto aos professores. De modo geral as ações são destinadas ao desenvolvimento global dos alunos”, reforça a diretora de Educação Inclusiva, Sandramara Gerbelli.

A avaliação de um perfil acadêmico comum da pessoa com TDAH inclui avaliação de aspectos que estão atrelados à leitura, escrita, matemática, habilidades de estudo e organização. O diagnóstico deve ser clínico e multidisciplinar, através de observação comportamental da criança em diferentes ambientes, entrevista com os pais ou responsáveis, professores, cuidadores, neuropediatra, psicopedagogos e psicólogos e também questionários e escalas respondidos por pais, cuidadores e professores.

O tratamento é indicado de forma multidisciplinar com a atuação de médicos (neurologista e /ou psiquiatra podendo ou não ser utilizado psicoestimulante); psicologia com objetivo de reabilitação cognitiva, regulação das emoções possibilitando maior qualidade de vida; neuropsicopedagogia/psicopedagogia com estratégias de ensino/aprendizagem, visando a evolução do desempenho acadêmico, bem como, elevar a autoestima e o prazer com o aprender.

Diante deste cenário, a Secretaria de Educação destaca sete elementos chave para o sucesso do trabalho com a pessoa com TDAH: manutenção da atenção, administração na sala de aula, organização, habilidades de estudo, instrução multissensorial, acomodação para estilos de aprendizado, modificação na produção escrita e práticas de colaboração.
Autor: Caroline Terzi
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia