Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2022
DESTAQUES
Santo André receberá R$ 10 milhões para instalação do Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo
enviar para um amigo
receba notícias
Projeto do Cite foi escolhido após atender chamada pública para apoio a parques tecnológicos em implantação e operação no país
Santo André, 5 de agosto de 2022 - Santo André vai receber recursos da ordem de R$ 10 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) para serem aplicados na implementação do Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo (Cite), que será a dimensão física do Parque Tecnológico de Santo André.
 
A cidade foi aprovada para receber a verba a fundo perdido, após participar do processo seletivo iniciado em dezembro do ano passadon Santo André respondeu à uma chamada pública do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, por meio da Finep (Financiadora de Estudos e Pesquisas), FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e CT-Verde Amarelo.
 
"A nossa principal vocação é a inovação. Criar ambiente que estimule o empreendedorismo e fomento ao desenvolvimento socioeconômico de maneira sustentável, criando oportunidades para a nossa gente, é uma das diretrizes do nosso Plano de Metas e está associado às ações planejadas dentro do programa Santo André 500 anos. Um marco que trará importantes avanços para a nossa cidade, ampliando a geração de emprego e renda", afirma o prefeito Paulo Serra.
 
A seleção de propostas aberta pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações visa apoiar parques tecnológicos em implantação e operação no país. É a primeira vez, em 15 anos, que o Finep disponibiliza recursos para esse tipo de projeto no país.
 
 Com a liberação da verba, que se somará aos R$ 27 milhões provenientes do Ministério do Desenvolvimento Regional e a contrapartida de R$ 2 milhões da Prefeitura, a construção do Cite irá resgatar mais um dos símbolos da cidade, a antiga fábrica da Rhodia Química. Além disso, será criado um berçario para o desenvolvimento de projetos com viés  tecnológico e de empreendedorismo que será referência entre os ambientes de inovação do país.
 
Lançada em dezembro de 2021, a chamada pública do MCTI disponibilizou orçamento total de R$ 180 milhões, sendo R$ 100 milhões para parques em operação e R$ 80 milhões para parques em implantação. Foram habilitados 56 projetos na fase inicial e especificamente 22 em implantação. Na etapa de análise do mérito, o projeto da Prefeitura de Santo André ficou inicialmente em nono lugar, indo para sétima colocação na classificação final, que contou com 15 aprovados.
 
“Apenas dois municípios do país que pleitearam os recursos foram contemplados. Santo André, juntamente com Campo Grande, foram as duas únicas cidades a serem selecionadas. A maior parte dos 16 projetos selecionados foi apresentada por instituições de ensino e de pesquisa”, complementa o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato.
 
Segundo Banzato, a concretização desse projeto está intimamente relacionada às ações do programa Santo André 500 anos, uma iniciativa da Prefeitura que tem como objetivo planejar e colocar em prática iniciativas para a cidade daqui a 25 anos.
 
“Esse é, sem dúvida, um dos projetos mais inovadores, inclusive com relação a espaços criados pelo poder público em âmbito municipal, voltados para o fomento da inovação, da ciência e da tecnologia”, destaca Banzato.
 
Para o secretário, a inovação e a tecnologia vão ser extremamente relevantes para o crescimento de todos os setores da economia: comércio, serviços, indústria e agropecuária.
 
Três grandes áreas do projeto do Cite irão receber os recursos do MCTI.  Serão direcionados cerca de R$ 4 milhões para a implantação de dois laboratórios abertos e multiusuários (acessíveis a pequenas e médias empresas (PME) e Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs). Cerca de R$ 500 mil serão utilizados nos incentivo a novas incubadoras nas ICTs e para fortalecer as existentes, visando estimular o empreendedorismo de base tecnológica e a geração de negócios a partir do conhecimento, bem como estimular iniciativas de extensão tecnológica.
 
Além disso, R$ 5,5 milhões serão utilizados para equipar e mobiliar o Cite, criando ambientes propícios para abrigar empresas (coworking), disponibilizar “facilities” e espaços para eventos e conexões da rede, compondo um espaço inexistente no ABC e equiparado a outros existentes nos principais polos de inovação no Brasil.
 
*A área*  - O Cite será construído no prédio da antiga Rhodia Química, na avenida dos Estados, que será totalmente reformado e readequado à nova função, o Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo terá área para exposições, eventos, apresentações, espaços para instituições parceiras e para treinamentos no piso térreo e, no piso superior, contará com salas integradas para reuniões, apoio administrativo, coworking, cobusiness, entre outras atividades. 
 
As dimensões do terreno ocupado pela fábrica desativada da Rhodia Química vão possibilitar que o Cite tenha, ao seu lado, um grande empreendimento vinculado ao segmento da tecnologia. A Goodman Brasil, braço da multinacional australiana que atua na área de galpões e condomínios logísticos, irá investir R$ 400 milhões em um condomínio logístico Classe A, ou seja, o máximo de tecnologia disponível no mercado para o setor.
 
O Cite será mais um instrumento que materializará o objetivo do Parque Tecnológico de Santo André: operar em rede para a promoção do desenvolvimento econômico e geração de riqueza através de um esforço coletivo, integrando todas as forças do ecossistema de inovação do município.
 
*Parque Tecnológico * - O Parque Tecnológico de Santo André é uma rede envolvendo a Prefeitura, entidades representativas da sociedade e universidades, faculdades, escolas técnicas e centros de pesquisa. Juntos, esses segmentos atuam em rede para o desenvolvimento tecnológico, promoção da inovação e da competitividade na região.
 
A partir do Parque Tecnológico e sua rede, as empresas e a sociedade em geral conseguem acessar uma ampla infraestrutura e serviços estabelecidos e em constante evolução para o desenvolvimento de iniciativas que promovam a inovação e a competitividade.     
 
Além do objetivo de atração de investimentos e de novas empresas para o município, o Parque Tecnológico de Santo André também tem como grande missão ampliar o suporte ao desenvolvimento tecnológico das empresas da cidade, para que aumentem seus níveis de competitividade e com isto possam fortalecer seu posicionamento no mercado local, nacional e mundial, conforme seus objetivos estratégicos.
 
Atualmente o Parque Tecnológico de Santo André desenvolve os seguintes programas:
 
- O Hub de Inovação apoia e fomenta empresas que queiram desenvolver pesquisas, novos produtos e processos de forma sistemática e continuada. O Hub de Inovação do Parque Tecnológico faz a ligação entre estas empresas e startups, universidades, Centros Tecnológicos e ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia) da região, por intermédio de desafios, chamadas para colaboração, consórcios pré-competitivos e outros arranjos colaborativos. O Parque Tecnológico de Santo André mobiliza parceiros do Parque e o seu ecossistema de inovação para apoiar o desenvolvimento tecnológico e a competitividade das empresas.           
 
O Hub de Inovação do Parque Tecnológico de Santo André assinou nesta quinta-feira (4) a efetivação da adesão da Syn Prop & Tech, primeira empresa do setor de propriedades comerciais a fazer parte do programa. A Syn irá se juntar às outras 22 cadastradas no Hub de Inovação para apresentar desafios à rede de inovação do Parque Tecnológico de Santo André, que conta com empresas, startups, instituições de ensino e associações de classe. As outras participantes do Hub de Inovação atualmente são TIM, Prometeon, Mercedes-Benz, Rhodia Solvay Group, Patriani, Hoppe & Ribeiro, além das 16 empresas integrantes no Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC (Cofip ABC).
 
- O Bureau de Serviços é uma estrutura integrada de atendimento, que unifica a rede de serviços tecnológicos da cidade de Santo André e região. A ferramenta oferece mais de 120 serviços.
 
- CapacitaTech é uma plataforma que disponibiliza aproximadamente 7 mil cursos gratuitos na área de tecnologia da informação, além de dezenas de certificações. A plataforma foi idealizada pela Prefeitura de Santo André, por meio da Escola de Ouro Andreense e da Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, e contou com a parceria do especialista em TI&C, Jaime Linhares Laibda Júnior.         
 
- ConectiCidade faz parte de uma iniciativa que propõe a expansão de infraestrutura de conectividade e que a cidade de Santo André seja utilizada como laboratório para testes de diferentes soluções, ligadas às questões das cidades inteligentes. O conceito de “cidades inteligentes” pode ser aplicado às cidades que se propõem a resolver os problemas urbanos apoiados na aplicação de recursos tecnológicos específicos, sobretudo telecomunicações e internet das coisas, dados e serviços (IoT) e inteligência de dados para tomada de decisão em tempo real.          
 
- Turismo Industrial e de Inovação de Santo André promove visitas guiadas a empresas e instituições do município. Os empreendedores abrem as portas das suas empresas para que grupos de pessoas interessadas possam conhecer a sua estrutura produtiva, a forma de produzir e as tecnologias empregadas, bem como os produtos gerados.  
 
Mais informações estão disponíveis no site https://www3.santoandre.sp.gov.br/parquetecnologico/


e no perfil do LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/parquetecsa/
 
Texto: Paola Zanei
Foto: Divulgação
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia