Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
20
20 ABR 2022
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
OBRAS PÚBLICAS
Construção de mais 10 Estações de Coleta em Santo André pode gerar economia de mais de meio milhão de reais
enviar para um amigo
receba notícias
Prefeitura e Semasa iniciaram neste mês obras para implantar ecopontos nos bairros Jardim Ana Maria, Bangu e Jardim

Santo André, 20 de abril de 2022 – Santo André deu mais um passo importante para ampliar a coleta seletiva e diminuir pontos de descarte irregular de resíduos. A Prefeitura e o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começaram a construir mais três ecopontos, do total de dez unidades que serão entregues ainda neste ano. Com os novos equipamentos públicos, o município pode economizar mais de R$ 500 mil, caso consiga eliminar locais que sofrem com o despejo ilegal de entulho, móveis e outros materiais.

A Estação de Coleta Ana Maria é a primeira que está sendo implantada, na Avenida Cândido Camargo, ao lado do pátio de veículos do Detran, no Jardim Ana Maria. Só nesse local, a equipe de varrição do Semasa gastou, em todo o ano de 2021, quase R$ 111 mil com serviços de limpeza pública para remover mais de 530 toneladas de resíduos.

"Santo André é referência em sustentabilidade e no estímulo à reciclagem, com projetos pioneiros que são modelos para outras cidades do país. Por isso, ampliar as Estações de Coleta é impulsionar este ciclo e proporcionar, ao mesmo tempo, um município mais limpo e mais cuidada para a nossa gente", afirma o prefeito Paulo Serra.

Além das obras, o Semasa promove um trabalho de sensibilização e educação ambiental junto à população, com mobilização porta a porta para informar os munícipes sobre as intervenções e compreender percepções e comportamentos dos moradores sobre a gestão de resíduos, a reciclagem e o descarte correto dos materiais. “Santo André é a cidade do ABC que mais investe em ações e obras de sustentabilidade. Nós também desenvolvemos um importante trabalho de educação ambiental para que a população possa cada vez mais preservar o meio ambiente”, comenta o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

As outras unidades que também estão sendo construídas são a Estação de Coleta Palmeiras, na Avenida Prestes Maia com a Rua das Palmeiras (bairro Jardim) e a Estação de Coleta Bangu, entre a Rua Oratório e a Avenida Antônio Cardoso (bairro Bangu). Nesses dois locais, caso não haja mais descarte irregular de resíduos na região, podem ser economizados mais de R$ 30 mil por ano.

O ecoponto do bairro Jardim já existia, mas o espaço precisou ser desativado devido à necessidade de obras de adequações no viário. Os novos equipamentos serão mais modernos e terão, por exemplo, câmeras rotativas para monitorar os locais, evitar depredações, furtos e invasões. Também vão ser colocadas caçambas compactadoras, que visam melhorar a eficiência do sistema de coleta e compactação dos materiais, reduzindo o número de viagens que os caminhões fazem para transportar os resíduos às cooperativas de reciclagem.

O investimento total para a construção das Estações de Coleta Ana Maria, Bangu e Palmeiras é de R$ 2 milhões, com recursos financiados pela CAF, o Banco de Desenvolvimento da América Latina. A previsão é de que as unidades sejam inauguradas a partir de junho.

As obras fazem parte do programa Sanear Santo André, que ao todo recebe investimento de US$ 50 milhões pela CAF e contempla outras intervenções de saneamento, infraestrutura e mobilidade urbana.

Com o Sanear Santo André, na parte da gestão de resíduos sólidos, a Prefeitura – por meio da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos – e o Semasa vão construir uma nova Central de Triagem para as cooperativas de reciclagem e um Centro de Controle Operacional, espaço de comunicação e monitoramento dos ecopontos.

Além do Jardim Ana Maria, Bangu e Jardim, os outros bairros que devem ter uma Estação de Coleta são Vila Guiomar, Centro, Parque Miami, Jardim Santo André, Jardim Alvorada e Jardim Cristiane – um outro local ainda está para ser definido.

Descarte correto nas Estações de Coleta – Atualmente, Santo André disponibiliza 20 ecopontos, que são equipamentos gratuitos e exclusivos para o uso dos moradores da cidade. A população pode descartar recicláveis volumosos, entulho, móveis, colchões e estofados, quatro pneus por mês, óleo de cozinha e resíduos eletroeletrônicos, como computador, monitor, geladeira, fogão e etc. Cada morador pode fazer a disposição de no máximo de um metro cúbico de resíduos, que é o equivalente a dez sacos de lixo de 100 litros.

Algumas unidades também aceitam podas de vegetação, telhas de amianto e gesso. O endereço de todas as Estações de Coleta, bem como os dias e horários de funcionamento, podem ser consultados no site do Semasa (www.semasa.sp.gov.br).

Autor: Susi Elena
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia