Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
19
19 AGO 2022
EDUCAÇÃO
Aos 76 anos, formanda da EJA de Santo André dá sequência aos estudos ao ingressar no ensino médio
enviar para um amigo
receba notícias
Moradora da Vila Rica afirma que o desejo de aprender e o incentivo dos netos contribuíram na decisão para voltar à sala de aula
Santo André, 19 de agosto de 2022 – Izaura Boaventura dos Santos, hoje com 76 anos, tomou uma iniciativa importante em sua vida há uma década, quando decidiu ingressar na Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Santo André. A moradora da Vila Rica concluiu, no primeiro semestre deste ano, os estudos no ensino fundamental da EJA na Emeief Carolina Maria de Jesus. E, neste mês, iniciou o ensino médio, deixando de lado qualquer tipo de preconceito para dar continuidade aos estudos.
 
“Sempre fui tratada com muito carinho e respeito por todos na EJA. Durante este período [no ensino fundamental] cada um procurava me ensinar coisas diferentes, mesmo que a minha cabeça não funcionasse às vezes. É um grupo muito acolhedor, incluindo professores e gestores”, destaca Izaura, que sofreu com problemas pessoais e de saúde durante o curso, motivos que a fizeram se afastar das aulas.
 
Izaura regressou posteriormente para a EJA, mesmo contrariando a vontade de alguns dos filhos, preocupados com a condição de saúde da mãe e com uma possível rejeição a ela, por conta da idade.
 
A formanda lembra que quando criança não teve a oportunidade de concluir os estudos, pois a escola ficava longe de sua casa. Assim, estudou somente até os 7 anos. O tempo passou, Dona Izaura se casou muito jovem e, como fruto do matrimônio, teve sete filhos. Resultado: optou por priorizar o cuidado da família e deixou de lado a vontade de estudar.
 
“Estudar sempre foi um grande sonho pra mim, eu observava as crianças indo pra escola passando na frente da minha casa e ficava morrendo de vontade de estudar. Quando fiquei sabendo que tinha uma escola próxima da minha residência com EJA, não pensei duas vezes, a vontade aprender falou mais alto, venci o medo e fiz a minha matrícula”, conta.
 
A decisão teve ainda mais peso com o incentivo de alguns dos seus 15 netos. “Os meus filhos não queriam que eu voltasse a estudar por conta da idade, pois tinham medo de como os demais alunos iriam me tratar, mas não tive medo, segui adiante. Os grandes incentivadores foram os meus netos, eles diziam ‘vai vovó, tem que estudar sim, você vai conseguir’”, lembra, orgulhosa. “Como eu estava decidida não pensei duas vezes, agarrei com todas as forças a oportunidade que tive e foi a melhor escolha, pois vivenciei momentos marcantes que levarei para sempre”, completa.
 
Parceria - Durante as aulas da EJA na Emeief Carolina Maria de Jesus, Dona Izaura construiu uma grande amizade com Solange Almeida Camargo, 59 anos, que se mostra muito carinhosa – abraços e mãos dadas são situações frequentes – e comemora a companhia da colega de sala. “Nos conhecemos na escola e agora não nos desgrudamos mais”, destaca Solange, que igualmente se formou, já iniciou as aulas no ensino médio e tem planos para cursar uma faculdade de Nutrição futuramente.
 
Agora Dona Izaura encara novo desafio ao migrar para a Escola Estadual Professora Clothilde Martins Zanei, onde dá sequência à sua formação, agora no ensino médio, no período noturno. “O desejo de estudar continua, mas confesso que estou com um frio na barriga, pois será tudo novo: escola, professores e amigos. Mas vou dar continuidade aos estudos agora no ensino médio, vou aprender mais um pouco, não tenho vergonha da minha idade. Estudar é a melhor coisa da vida. Se eu não gostar da nova escola eu volto pra essa escola do meu coração, nem que seja pra ajudar”, desabafa.
 
Inscrições EJA - Além de servir como exemplo, Dona Izaura se transformou em uma grande incentivadora da EJA. Assim, independentemente da idade, ela trata de tentar encaminhar a pessoa de volta para a sala de aula. “Quando eu encontro um jovem que parou de estudar, já vou logo aconselhando a voltar aos estudos, pois sem estudo não somos nada. Estudar liberta”, enfatiza.
 
Para quem se inspirou nesta história de superação e tem interesse em retomar os estudos, a Educação de Jovens e Adultos de Santo André está com inscrições abertas. As matrículas para EJA I (2º ao 5º ano), EJA II (6º ao 9º ano), além da EJA FIC (ensino fundamental integrado ao ensino profissionalizante), seguem até o dia 30 de setembro de 2022.
 
Documentos - Para fazer matrícula é necessário apenas procurar a unidade com EJA mais próxima de casa com os seguintes documentos: cópia do RG, comprovante de endereço e histórico escolar. Caso a pessoa não possua histórico escolar, a escola ajudará a buscar as informações necessárias.
 
Os interessados devem entrar em contato pelos telefones 4468-4296 ou 4468-4297 para mais informações.        

 
Autor: Caroline Terzi e Dérek Bittencourt
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia