Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
19
19 NOV 2022
CULTURA
EDUCAÇÃO
Oficina de cinema Pequeno Cineasta realiza formatura no Cine Theatro Carlos Gomes
enviar para um amigo
receba notícias
Exibição dos curtas realizados por alunos de Santo André e do making off do processo de trabalho marcaram o evento
Santo André, 19 de novembro de 2022 - Do que uma criança é capaz com uma câmera na mão? O público que prestigiou a cerimônia de encerramento da oficina Pequeno Cineasta na noite desta sexta-feira (18), no Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes, em Santo André, descobriu a resposta para essa pergunta e se emocionou com a iniciativa, que visa educar crianças na arte cinematográfica. As três turmas participantes apresentaram seus curtas e conferiram o making off do processo de trabalho realizado com direito a depoimentos sobre suas participações.
 
Desde agosto, na sede da Escola Municipal de Iniciação Artística (Emia) Aron Feldman e nos Cesas (Centros Educacionais de Santo André) Parque Novo Oratório e Vila Humaitá, foram realizados encontros semanais com turmas de crianças e jovens entre 8 e 17 anos.
 
Através de exercícios práticos com equipamentos profissionais, os alunos foram introduzidos no universo cinematográfico vivenciando as etapas do processo de filmagem desde a criação do roteiro, decupagem, operação de câmera, luz, arte, direção, som e montagem, para então chegar ao grande momento: a experiência de assistir à própria obra.
 
A jovem Ana Miyuki Braga Matsuzaka, de 16 anos, se mostrou bastante animada com o resultado do trabalho que desenvolveu com a turma da Emia. “Na verdade ainda não caiu a ficha, sabe? Mas é um sentimento de ‘isso, deu certo, conseguimos!’, até porque os curtas nasceram de ideias que nós mesmos tivemos. Foi uma experiência fantástica para mim. Pessoalmente foi muito enriquecedor, porque eu estou no segundo ano do ensino médio e já pensava em cursar algo ligado a audiovisual. Além disso foi muito bom poder trabalhar em equipe e fazer novas amizades”, contou.
 
Para Luiz Otávio de Carvalho Borges, de 11 anos, as aulas da oficina no Cesa Vila Humaitá foram de descoberta e aprendizado. “Achei o projeto super educativo, descontraído e que dedica um pouco de atenção também. Com o tempo fui pegando o jeito, a professora foi explicando direitinho e entendi os ensinamentos. Participar foi incrível, muito top, de outro mundo, uma experiência nova e única, que eu nunca vou esquecer. Espero que tenha ano que vem“, pontuou.
 
Patrícia de Araujo, assistente pedagógica dos Cesas, também reconheceu a importância da iniciativa. “Contamos com o acompanhamento, apoio e organização de cada unidade com sua equipe de coordenação e demais funcionários e principalmente pela idealizadora do projeto Daniela Gracindo e seu parceiro Carlos Canano. O projeto segue a premissa dos Cesas quanto à formação integral do ser humano, pois oportuniza o desenvolvimento dos participantes em seus diferentes aspectos, sendo eles culturais, sociais, emocionais, cognitivos e físicos”, enfatizou.
 
"Foi muito bacana ter recebido a oficina Pequeno Cineasta na Emia por ser uma linguagem diferente do que costumamos oferecer aos alunos. Foi uma possibilidade de trabalhar uma linguagem de audiovisual proporcionando uma experiência que enriquece o repertório cultural dos adolescentes", elogiou Silvia Biedermann, encarregada da Emia Aron Feldman.
 
Durante a formatura, após a sessão, os participantes receberam um certificado oficial de conclusão da oficina Pequeno Cineasta.
 
Projeto - A atriz e produtora Daniela Gracindo, que é criadora e diretora da oficina Pequeno Cineasta, comemorou a formatura de mais turmas. “A Prefeitura de Santo André abraçou a nossa causa, que é dar voz à infância e juventude através da sétima arte. Fiquei encantada com as crianças e jovens dessa cidade criando uma jornada com um lindo trabalho. As turmas foram realmente especiais no comprometimento, aproveitamento, na interação e integração, afeto e tudo que conseguimos aprender em conjunto. É uma jornada mágica que agora compartilhamos nesse teatro maravilhoso, recém-inaugurado”.
 
De acordo com Daniela, os curtas serão exibidos na 10ª edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta. "Estamos trabalhando na pré-produção da 10ª edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta e captando recursos para trazer o evento para São Paulo no ano que vem. O Festival tem o objetivo de integrar e ampliar a potência que tem a realização cinematográfica por crianças e jovens. No cenário que a gente vive hoje, a comunicação se estabelece principalmente através do audiovisual e por isso é fundamental que as crianças e jovens tenham apropriação dessa linguagem, que tenham real entendimento e consciência do que elas estão recebendo e comunicando”, concluiu.         
Autor: Caroline Terzi
Seta
Versão do Sistema: 3.2.9 - 07/12/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia