Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Santo André e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Santo André
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
23
23 JUL 2022
CULTURA
De volta após dois anos, Festival de Inverno leva 30 mil a Paranapiacaba
enviar para um amigo
receba notícias
Primeiro dia de eventos movimentou ruas da vila ferroviária e animou o público, que aproveitou debaixo de sol forte e calor

Santo André, 23 de julho de 2022 - Sob sol forte, céu azul, calor e sem a tradicional neblina, começou neste sábado (23) a 21ª edição do FIP (Festival de Inverno de Paranapiacaba). Após dois anos sem ser realizado presencialmente em razão da pandemia, o evento levou 30 mil pessoas à vila ferroviária neste primeiro dia de espetáculos, que contou com diversificada agenda de eventos culturais e disponibilizou dezenas de opções gastronômicas, cenário que seguirá à disposição do público neste domingo (23), das 10h às 18h.
 
"Dia muito especial, de retomada à normalidade, com as pessoas protegidas e vacinadas, e aos poucos vamos superando a pandemia. Estamos de volta a Paranapiacaba, muito felizes. Preferimos fazer um fim de semana apenas de festival, porque depois de dois anos de pandemia, toda a retomada está sendo feita com muito juízo, calma, de forma gradual. Depois de a pandemia ter nos tirado algo tão caro e importante, que é poder confraternizar, ter contato com as pessoas, ter qualidade de vida nesse tipo de evento, desde o início a gente decidiu que a maior atração do festival seria a vila. Claro que são importantes a música, a cultura e a gastronomia, mas quisemos que as pessoas conhecessem Paranapiacaba e, graças ao grande trabalho da equipe nesses últimos seis anos, a gente conseguiu deixar a vila mais bonita, acolhedora e turística", destacou o prefeito Paulo Serra durante seu discurso de abertura.
 
O público foi chegando timidamente à Vila de Paranapiacaba no período da manhã deste sábado. Porém, foi com a proximidade do horário do almoço que as ruas foram ganhando volume de pessoas, que passaram a se aproximar para curtir as atrações musicais e culturais, além de buscar opções de alimentação e uma sombra para se abrigar do sol.
 
"O festival tem inverno no nome, mas São Pedro este ano não vai 'colaborar' com o inverno. Ainda bem, porque está um dia lindo e as pessoas vão poder aproveitar muito", brincou Paulo Serra.
 
Pessoas de todas as idades compareceram ao FIP. Famílias, grupos de amigos e até mesmo personalidades, caso este do renomado chef de cozinha italiana Roberto Ravioli, que exaltou a organização do festival e as condições da vila.
 
"Ouvia falar, mas não conhecia. Fiquei abismado. Achei muito bonita, bacana, bem restaurada, lembrando bem a história. Conheci série de lugares gostosos: a ponte, o relógio, o ferreo club. E é um festival muito bacana, com pessoal animado. É um exemplo a ser seguido no Brasil", disse o chef Ravioli, que elogiou a parte gastronômica, sobretudo a especialidade local: o cambuci. "Um espetáculo. Tomei a pinga, cachaça, sorvete, sonho", listou.
 
Reconhecimento - Quem também marcou presença no Festival de Inverno foi Alessandra Martins, superintendente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) São Paulo. Acompanhada da família, enalteceu o distrito andreense.
 
"É um prazer estar aqui, porque é realmente viver uma parte da história. Tenho que parabenizar a Prefeitura de Santo André, porque o trabalho está excepcional, a vila cada vez mais linda, mais vibrante e hoje a gente vê a alegria das pessoas de estarem aqui de volta. E logo mais a vila estará ainda melhor com as restaurações do Cine Lira e do campo de futebol (do Serrano, primeiro com medidas oficiais do Brasil)", disse Alessandra. "Para o Iphan, ter um patrimônio histórico tão preservado e tão bem cuidado, é o que a gente quer", finalizou.
 
Entregas - O prefeito Paulo Serra aproveitou a cerimônia de abertura do 21° FIP e a visita à vila para, na companhia do secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli, entregar a nova sede da GCM (Guarda Civil Municipal) e 22 novas câmeras, que são interligadas ao COI (Centro de Operações Integradas) da Prefeitura de Santo André. Também foram entregues duas viaturas: uma para a fiscalização ambiental e outra para o Departamento de Proteção e Bem Estar Animal (esta por meio do Programa Agro Mais Seguro, do Governo do Estado).
 
Alimentação - O Festival de Inverno deste ano conta também com duas praças de alimentação: uma no Galpão das Oficinas, na Rua da Estação, e a outra praticamente em toda a extensão da Rua Antonio Olyntho, a do Clube União Lyra Serrano. O horário de funcionamento é das 10h às 19h30.
 
Como chegar - Para chegar ao Festival em veículo particular, o público deve deixar o carro ou moto no estacionamento do evento que fica na rodovia Dep. Adib Chammas, altura do km 47, e pegar um dos micro-ônibus do FIP que leva todos até a entrada da parte baixa de Paranapiacaba. Também há vans adaptadas à disposição.  
 
Os micro-ônibus começam a levar o público para a Vila às 10h e o último veículo para acesso ao Festival sai às 18h. No sentido contrário, para voltar para o estacionamento, o último micro-ônibus sairá da Vila às 20h.
 
Os valores de estacionamento são: carros R$ 50, moto R$ 40, vans R$ 100 e ônibus R$ 200.
 
Quem optar por ir de transporte público até Paranapiacaba pode pegar a linha 040, saindo do Terminal Rodoviário de Prefeito Saladino, ou a linha 424, que sai da estação Rio Grande da Serra da CPTM. Ambas as linhas são operadas pela Next Mobilidade.
 
Programação do 21º FIP
 
| 24/7 – Domingo |
Palco Mercado | Avenida Antonio Olyntho - Parte Baixa
Locutor: Leo Dias
13h - Tata Alves (MPB)
15h - Mumu de Oliveira (samba)
17h - Rodrigo Regis (MPB)
 
Coreto | Avenida Antonio Olyntho - Parte Baixa
Locutor: Paiasso Juneko
12h - Marcelo Balvian (MPB)
14h - Gó do Trombone (MPB)
16h - Fabio Kidesh (música instrumental indiana)
 
Palco Rua Direita | Rua Direita - Parte Baixa
Locutor: Lellé Ferreira
11h - Mariane Mattoso (MPB)
13h - Grupo Furiah (hip hop)
15h - Teorias do Amor Moderno (rock)
18h - Montanha (rock)
 
Itinerante                                     
12h - Folia de Reis São Francisco de Assis (cortejo)
13h - Julian Granito (palhaçaria)
15h - Palhaça Lulua Xiga e B.Boy Buiu (mímica)
16h - Samba de Terreiro de Mauá (cortejo)
 
Espaço Viradouro | Rua da Estação - Parte Baixa
12h30 - Folia de Reis São Francisco de Assis (encerramento do cortejo)
14h - Sobre Bichos e Monstros, com Cia Mapinguary (musical infantil)
 
Biblioteca Ábia Ferreira Francisco | Avenida Rodrigues Alves, 472 - Parte Baixa
10h às 16h - Jogos de tabuleiro e brincadeiras 
14h - Biblioteca Mágica: apresentação de Ilusionismo
 
Plataforma Expresso Turístico | Avenida Schnoor - Parte Baixa
10h - Circulartes (palhaçaria)
 
Casa Lúdica | Rua Campos Salles, 458 - Parte Baixa
10h às 17h - Atividades recreativas do projeto Mais Lazer

| Texto: Dérek Bittencourt 
dcbittencourt@santoandre.sp.gov.br / 4433-0142
| Fotos: Helber Aggio e Angelo Baima/PSA

 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia